• 15 99141.6999 • 15 3238.1151
  • imprensa@periclesregis.com.br

Textos

Vida de faz de conta, quem nunca se viu nessa situação?

Quem nunca se viu nessa situação?

Nas redes sociais só alegria. A família de comercial de margarina do Instagram. O casal eternamente apaixonado, cheio de declarações no Facebook. A vida perfeita esperando likes. Mas, a vida real é bem diferente disso. Angústias, tristezas, frustrações fazem parte do dia a dia de todos, escondidas num lugar em que o online não alcança. E precisamos falar sobre isso: como estamos lidando com a saúde mental? Então, vamos aproveitar o Setembro Amarelo, esse mês que é todo dedicado às campanhas de conscientização sobre a prevenção do suicídio, depressão e transtornos associados, para falar sobre o assunto. Aqui já vai uma dica importante para todo mundo: se falar é tão importante, o quanto estamos dispostos a ouvir o outro? 

E são muitos que precisam ser ouvidos. Para se ter uma ideia 804 mil suicídios ocorrem por ano em todo o mundo. Quer a realidade batendo bem à nossa porta? De acordo com a Vigilância Epidemiológica, Sorocaba registra neste ano, até o momento, 20 casos de suicídios; sendo 16 homens e 4 mulheres. A faixa etária com maior número de mortes foi a de 30 a 39 anos, totalizando 7 casos. Já no ano inteiro de 2018, os suicídios totalizaram 42 casos. Foram 33 homens e 9 mulheres. A faixa etária predominante foi a de 20 a 29 anos, com 12 casos.

Já deu para entender que não tem uma única idade, sexo exclusivo ou problema determinante para desencadear pensamentos suicidas. Vamos falar de tudo isso neste mês, sobre como cada um pode ajudar nesse assunto, como é possível prevenir e a importância de quebrar preconceitos sobre cuidados com a saúde mental. Nesse primeiro momento proponho uma reflexão: quantas vezes, só de olhar uma foto, a gente ignora que tem uma vida real por trás dela? E ainda, quantas vezes postamos algo que não condiz com o que estamos sentindo?

Então vamos começar falando mais sobre os nossos sentimentos. Afinal, as aparências enganam.
#SetembroAmarelo 

Quase 80% dos integrantes de conselhos municipais afirma precisar de mais qualificação para atuar

Levantamento exibido em audiência pública é fruto de pesquisa respondida por 22 conselhos

Os integrantes de 22 dos 26 conselhos municipais constituídos na cidade afirmam precisar de mais qualificação para desempenhar suas funções de forma mais efetiva. O dado compõe uma pesquisa apresentada durante audiência pública na Câmara Municipal que debateu estratégias de fortalecimento dos conselhos. Como forma de aperfeiçoar essa melhor qualificação, a Secretaria de Cidadania e Participação Popular usará uma emenda de R$ 50 mil para ministrar treinamentos aos integrantes dos sete conselhos municipais ligados à Pasta. Durante o encontro os conselheiros também relataram carências para o desempenho do trabalho e foram orientados a apresentar um relatório com suas principais necessidades estruturais e de recursos humanos.

O gabinete do vereador Péricles Régis, que organizou a audiência pública no último dia 28 de agosto, conduziu a pesquisa enviada a todos os conselhos. Embora Sorocaba possua no papel 30 órgãos dessa natureza, há apenas 26 constituídos e destes, somente 4 deixaram de responder ao levantamento. “No questionamento que fizemos a respeito da necessidade de mais formação, o resultado chamou a atenção e durante a audiência os conselheiros reforçaram que realmente são carentes de qualificação para desempenharem seu trabalho”, relata o vereador. A pesquisa mostrou que 77,2% dos conselhos é carente de qualificação. A pesquisa também levantou a natureza dos conselhos: 46% são deliberativos (onde há debate e tomada de decisão em torno dessas políticas), 26% são consultivos (apenas opinam sobre os rumos das políticas públicas), 13% não responderam e outros 13% ainda não estão constituídos.

Como parte das ações para a melhor qualificação dos conselheiros o vereador Péricles Régis encaminhou uma emenda impositiva de R$ 50 mil à Secretaria de Cidadania que será usada para ministrar capacitação para os conselheiros. O vereador ressalta que embora sejam de vital importância para o desenvolvimento das políticas públicas de uma cidade, os conselhos não recebem a devida atenção em Sorocaba. “Nem mesmo a população sabe ao certo qual o papel dos conselhos e assim fica mais difícil atrair os munícipes para suas atividades. Os conselhos são a forma mais eficiente de participação popular na administração e políticas públicas de um município. A população precisa conhecer o trabalho dos conselhos e Poder Público respaldar suas atuações”, afirma. Estiveram presentes à audiência representantes do seguintes conselhos: Educação, Política Cultural, Direitos da Mulher, Assistência Social, Defesa do Patrimônio Histórico, Meio Ambiente, Planejamento e Desenvolvimento Urbano, Esporte e Saúde, Pessoa com Deficiência, Idoso, LGBT, Comunidade Negra, Parque Natural Corredores da Biodiversidade, Proteção e Bem-Estar Animal, Transporte e Trânsito, Servidores Públicos e Saúde.

A audiência pública traçou alguns encaminhamentos, como a obrigatoriedade do Poder Público debater com os conselhos qualquer tipo de mudança estrutural, evitando por exemplo o que ocorreu com o Conselho da Educação, que acabou desalojado de sua sede. Também foi levantada a possibilidade da criação de uma sessão chamada “Atos dos conselhos” , no Jornal do Município, a fim de facilitar a consulta aos assuntos referentes.

Autor da Lei n.º 11.946/2019, que determina a divulgação de todos os atos dos conselhos no portal da Prefeitura de Sorocaba, o vereador Péricles Régis afirma que o fortalecimento dos conselhos passa obrigatoriamente pelo apoio irrestrito do Poder Público. “Hoje alguns conselhos existem só no papel, mas não tem uma ação efetiva. Alguns nem se reúnem, nem possuem integrantes constituídos e só estão no papel. É da discussão que nasce nos conselhos entre os integrantes da sociedade civil organizada e Poder Público que surgem as diretrizes que nortearão as políticas do município”, conclui.

Resumo da sessão 05/09/19

#RESUMODASESSÃO: Mais uma quinta-feira de sessão ordinária. Quem aí acompanhou? 🤔 Vou continuar falando: quer mudança? Participe e cobre seus representantes! Enquanto isso, como sempre, sigo com minha prestação de contas. Dá uma olhada abaixo nas principais proposituras entregues:

Ao todo, foram 12 indicações para melhorias nos bairros. Fiscalização de trânsito, tapa buraco, contêiner de lixo, retirada de entulho, entre outros pedidos em diversos endereços da cidade. Todas as denúncias de moradores foram encaminhadas. Mas, fica meu pedido de reflexão: qual é o verdadeiro papel do vereador? Essa não é e nem pode ser a principal atribuição do legislativo, que é o poder fiscalizador. Por isso, peço que a população se empodere. Todas essas ações dependem do Poder Executivo, o caminho correto é sempre via 156 ou site ww.sorocaba.sp.gov.br/atendimento/#/Home/Solicitacao

Ainda na sessão de hoje (e agora sim na total função do vereador) aprovei três requerimentos. Um sobre habitação, pedindo detalhamento da desapropriação da Rua 51, na Vila Barão. Também questionamentos sobre a lei da assistência social na cidade e, na área de educação, perguntando se todos os centros municipais de educação infantil e básica de Sorocaba já receberam a capacitação sobre noções básicas de primeiros socorros para seus professores e funcionários em 2019. Isso é lei federal, como está sendo aplicada na cidade? Os meus requerimentos e de todos os vereadores podem ser vistos no site da Câmara Municipal de Sorocaba:
www.camarasorocaba.sp.gov.br/sitecamara/index.jsp

📌E pra quem quiser saber mais sobre o dia a dia do mandato, acesse: www.periclesregis.com.br. Fica também meu WhatsApp para dúvidas: (15) 99141-6999.
#PériclesRégisVereador #MandatoInovador

Participe do Programa Imersão e conheça os bastidores da política

A POLÍTICA MUNICIPAL DE UM JEITO QUE NINGUÉM NUNCA VIU‼️
(Na verdade algumas pessoas que já participaram das edições anteriores do Imersão, já viram!)

E aí, quer saber mais do dia a dia político? Como funcionam os bastidores da Câmara Municipal? Então está mais que convidado para a 3ª edição do Imersão – Projeto de Envolvimento Político.

A iniciativa vai acontecer na terça-feira, 10 de setembro, a partir das 18h30min, aqui na Câmara.

Curiosos, descrentes, interessados, futuros políticos… todos bem-vindos ao gabinete 9 para passar algumas horas falando sobre divisão de poderes, o que faz o executivo, o legislativo e o verdadeiro papel do vereador no poder público municipal!

Para participar é só fazer uma rápida inscrição nesse link: https://bit.ly/2JJXs67
⚠ Prazo para inscrição até segunda-feira (09/09)

➡️ PRA NÃO ESQUECER: 
3ª EDIÇÃO DO PROJETO IMERSÃO DE ENVOLVIMENTO POLÍTICO
Data: 10/09/2019
Horário: 18h30
Local: Câmara Municipal de Sorocaba – Gabinete 9
Inscrições: https://bit.ly/2JJXs67

#PériclesRégisVereador #MandatoInovador #EducaçãoPolítica

Irmãos têm direito a estudar na mesma escola, sabia dessa?

Há pouco tempo eu publiquei aqui sobre uma recente mudança na Lei Federal. Com a alteração do Estatuto da Criança e do Adolescente, se garante o seguinte direito: “acesso à escola pública e gratuita, próxima de sua residência, garantindo-se vagas no mesmo estabelecimento a irmãos que frequentem a mesma etapa ou ciclo de ensino da educação básica”.

Como sei que alguns pais sofrem com esse “desencontro”, tendo que deixar cada filho em um escola, por vezes de ônibus, em horários que não batem com o trabalho, entre outros impasses, apresentei um requerimento questionando se Sorocaba está preparada para se adequar a essa nova realidade.

Em resposta, a Secretaria de Educação afirmou que “quando os pais solicitam o cumprimento das leis são atendidos” e ressaltou que nessa iniciativa sempre será oferecido uma escola pública perto da residência aos irmãos, sendo estadual ou municipal.

Fica a dica para pais e mães que encontram essa dificuldade! Mais detalhes diretamente com a Secretaria de Educação (15) 3228-9500 / 3228-9501 

Não deixem de compartilhar esse direito. #PériclesRégisVereador#MandatoInovador

📌 Requerimento na íntegra para mais informações: http://www.camarasorocaba.sp.gov.br:8383/…/imprimirTextoInt…

Todos os PATs estão descentralizados. Vitória!

O trabalho é minha principal bandeira de mandato e essa foi uma das conquistas tivemos: saímos de 1 unidade do Posto de Atendimento ao Trabalhador para um total de 7 (incluindo a unidade central). O último PAT a ser descentralizado está na Casa do Cidadão Vila Hortência (Rua Avenida Nogueira Padilha, nº 1460), com funcionamento das 8h às 16h.

Serviços como orientações sobre currículo, divulgação de vagas de trabalho e cadastros para empregos já estão disponíveis em todos esses locais. Fico feliz porque acredito que esse passo dá mais dignidade ao trabalhador, com atendimento nos bairros, diminuindo desgastes de ir até o centro e até gerando economia com o transporte, por exemplo.

Enfim, todas as unidades estão descentralizadas. Agora é só anotar as localidades de busca pelo emprego na cidade.

PATS EM SOROCABA:

📌 Casa do Cidadão Ipiranga – Rua Estado de Israel, 424, Jardim Ipiranga. Telefone: (15) 3229.2950.
📌 Casa do Cidadão Ipanema – Avenida Ipanema, 3439, Vila Helena. Telefone: (15) 3313.9440.
📌 Casa do Cidadão Itavuvu – Avenida Itavuvu, 3415, Jardim Santa Cecília. Telefone: (15) 3226-9292.
📌 Casa do Cidadão Éden – Rua Bonifácio de Oliveira Cassú, 80, Éden. Telefone: (15) 3335.3480.
📌 Casa do Cidadão Brigadeiro Tobias – Rua Avenida Bandeirantes, 4.155, Brigadeiro Tobias. Telefone: (15) 3236.4371.
📌 Casa do Cidadão Vila Hortência – Rua Avenida Nogueira Padilha, nº 1460, Vila Hortência. Telefone: (15) 3237-7171.
📌 PAT Sorocaba – Rua Cel. Cavalheiros, 353, Centro. Telefone: (15) 3229-2880.

A despoluição do Rio Sorocaba foi um bom negócio para Sorocaba?

O processo de despoluição do Rio Sorocaba terá sua última etapa concluída em 2020, com a entrega de obras de ampliação e reforma da Estação de Tratamento de Esgoto Sorocaba 1. Todo o processo custou R$ 180 milhões desde o ano 2000, vindos de caixa próprio do Saae e repasses do governo federal.

E aí, qual sua opinião sobre esses investimentos⁉ 

#PériclesRégisVereador #MandatoInovador

📌 Essa e outras informações neste requerimento:http://www.camarasorocaba.sp.gov.br:8383/…/imprimirTextoInt…

A história por trás da regulamentação dos apps de transporte em Sorocaba

O que há por trás da regulamentação dos aplicativos de transporte

Infelizmente a internet deixa alguns covardes valentes demais e por conta disso, criam fake news com intuitos bem escusos, por isso, às vezes, enquanto pessoa pública, tenho que ficar explicando o que já foi explicado pra esclarecimento de pessoas que infelizmente após serem atingidas por essas informações, e por não terem acompanhado a trajetória do assunto, ficam à mercê dessas pessoas de má fé.

Se você é interessado no assunto e deseja saber a verdade por trás da regulamentação dos aplicativos, leia o textão a seguir:

Desde o começo do mandato sou um defensor desses aplicativos e claro, de seus motoristas, pois eles geram emprego, e como eu sempre digo, o EMPREGO É A MAIOR FERRAMENTA SOCIAL QUE EXISTE.

Por conta disso, desde o começo tenho estado à frente dessa causa. Defendendo os interesses da classe e dos usuários dos aplicativos. Eu sou um desses usuários.

Quando os aplicativos estavam em vias de serem proibidos ou restringidos em Sorocaba, eu e alguns pouquíssimos vereadores nos colocamos à frente para lutar pela permanência destes.

Vou tentar resumir nesse texto os mais de dois anos de trabalho somente nesse tema usando uma linha cronológica e como chegamos na regulamentação atual e onde ainda queremos chegar.

11/10/2016 – Uber iniciou os serviços em Sorocaba. A estreia do serviço na cidade só foi possível porque o Tribunal de Justiça suspendeu uma lei aprovada na Câmara dos Vereadores que proibia o serviço. Lei 11.227 de 2015. (Eu nem era vereador, antes que algum desinformado fale que eu votei nisso). Quer saber como votaram os vereadores nesse projeto? http://www.camarasorocaba.sp.gov.br:8383/…/imprimirTextoInt…

08/02/2017 – Primeira coisa que fizemos foi criar uma comissão de estudos para dar condições desses aplicativos funcionarem com a mínima intervenção possível do estado, uma vez que algumas cidades (inclusive Sorocaba) tentavam barrar esses aplicativos proibindo essas plataformas, taxando seus motoristas, ou ainda, limitando o número de motoristas. (https://www.facebook.com/…/a.50793903931…/1102120933231287/…)

23/02/2017 – Reunião com Daniel Mangabeira, à época, Diretor de Políticas Públicas do UBER e com Representante da URBES, Sérgio Píres. (https://www.facebook.com/…/p.11093023025…/1109302302513150/…)

13/03/2017 – Primeira audiência pública. (https://www.facebook.com/pericles.regis/videos/1125297067580340/)
Pra ambientar melhor quem me lê, na época não existia nada julgado sobre o tema. Era tudo muito novo ainda.
O resultado dessa comissão foi um relatório de 94 folhas, que foi encaminhado ao prefeito municipal (http://periclesregis.com.br/relatorio-de-conclusao-das-ati…/).
Nosso relatório, entre outras coisas, solicitava que o Prefeito NÃO restringisse o número de veículos, o que na época era o que mais se discutia. Além disso, orientávamos que o poder público utilizasse-se dos aplicativos através de parcerias. Nossa ideia naquela época era inclusive utilizar dos aplicativos para a própria municipalidade. 
Aqui cabe ressaltar que o nosso entendimento era de que seria necessário criar uma lei municipal para regulamentar, e não decreto.

A diferença basicamente é que Lei tem que passar por votação dos 20 vereadores e o decreto depende apenas da vontade do prefeito, logo, quando passa pelos vereadores, nós podemos discutir melhor o assunto e fazer as intervenções que julgarmos necessárias através de emendas, ou seja, podemos mudar a lei e fazer ela de acordo com os interesses do coletivo e não de classes específicas. 
Nosso relatório foi entregue e ignorado pelo Prefeito, que fez um Decreto para regulamentar os aplicativos de transporte, contrariando o que havíamos sugerido.

23/03/17 – Criado o Decreto 22.727, que regulamentava o transporte por aplicativos na cidade. Entre tantas coisas negativas que encontrei nesse decreto, a pior de todas era a restrição ao número de motoristas. Só poderiam ser 333 motoristas rodando em Sorocaba. (https://g1.globo.com/…/prefeito-assina-decreto-para-regulam…)
Nesse período, o prefeito estava sendo investigado por uma comissão processante e poderia ser cassado.

24/08/2017 – O prefeito é cassado. Quem assume a prefeitura é a vice-prefeita, Jaqueline Coutinho.
No primeiro dia em que Jaqueline estava prefeita, tive uma conversa com ela onde expliquei a necessidade dela REVOGAR o decreto, pois era ruim para a cidade. Além disso, o Ministério Público recomendou que o tema fosse tratado através de Lei e não por decreto. (https://www.facebook.com/…/p.13032351064…/1303235106453201/…)

18/09/2017 – A Prefeita REVOGA o decreto. (https://g1.globo.com/…/prefeita-de-sorocaba-revoga-decreto-…)

22/09/2017 – Novas tratativas sobre o assunto, após cancelamento do Decreto, com Vereadores e Executivo. (https://www.facebook.com/…/p.13062985594…/1306298559480189/…)

05/10/2017 – Prefeito Crespo reassume prefeitura após liminar. (https://g1.globo.com/…/entenda-como-jose-crespo-voltou-a-se…)
Neste período há uma vacância do assunto, pois o decreto já havia sido derrubado e eu não queria arriscar que o prefeito fizesse alguma nova coisa para tentar barrar os aplicativos. Estava tudo funcionando perfeitamente até que…

03/08/2018 – Prefeito Crespo faz novo Decreto (Nº 23.943) (https://g1.globo.com/…/decreto-estabelece-taxa-limite-de-va…)
Mais uma vez, inviabilizando o serviço na cidade.

09/08/2018 – Protocolei um decreto legislativo pra tentar barrar medidas descabidas com esse novo decreto, o 23.943. (https://www.facebook.com/watch/?v=1643799472396761)

13/08/2018 – Recebi um grupo de centenas de motoristas e expliquei para eles que protocolizei um Decreto Legislativo para tentar sustar o decreto do prefeito. (https://www.facebook.com/…/p.16507636883…/1650763688367006/…)

14/08/2018 – Fiz a apresentação em sessão do decreto legislativo que tenta barrar as restrições impostas pelo Executivo. Aqui eu defendo que se derrube o decreto e que se faça uma lei. Como eu expliquei lá em cima, a lei dá pra gente alterar, pra discutir melhor. Já o Decreto é a famosa “canetada”. (https://www.facebook.com/pericles.regis/posts/1652370414873000)

24/08/2018 – Novamente fiz reunião com representantes do Executivo, taxistas e motoristas por aplicativo, dessa vez pra debatermos ponto a ponto o decreto municipal publicado pelo governo para regulamentar apps como Uber, 99Pop e similares. (https://www.facebook.com/…/p.16687309465…/1668730946570280/…
Detalhes dessa reunião nesse vídeo: https://www.facebook.com/watch/?v=2071128209617273

28/08/2018– Tivemos evolução na conversa entre motoristas de aplicativo, taxistas e representantes do Executivo. (https://www.facebook.com/pericles.regis/posts/1674140442695997)

29/08/2018 – Finalmente conseguimos acabar com a novela que já durava mais de um ano e meio em Sorocaba entre indas e vindas da regulamentação dos aplicativos. (https://www.facebook.com/…/a.50793903931…/1674969289279779/…)

31/10/2018 – Na rádio explicando o processo de regulamentação dos aplicativos de transporte. (https://www.facebook.com/pericles.regis/posts/1748477005262340)

01/11/2018 –Ministério Público quer que a Câmara revogue o decreto, por entender que tem que ser através de Lei. (https://www.jornalcruzeiro.com.br/…/mp-questiona-decreto-d…/)

07/12/2018 – Votamos a derrubada do decreto, pelo fato do prefeito não acatar a recomendação do MP e a Câmara ter que tomar alguma atitude, e não ser omissa. Explico tudo isso nesse link: https://www.facebook.com/pericles.regis/posts/1797771760332864
Aqui, derrubamos o decreto Nº 23.943, já com suas alterações e neste momento ficamos aguardando que o prefeito mandasse a Lei pra ser votada. Porém ele jamais mandou.

Nesse meio tempo, houve mais discussões, partindo principalmente da ASMAPP, uma associação que defende os interesses dos motoristas de aplicativos.

26/03/19 – Motoristas de transporte por aplicativos cobram segurança e regulamentação do serviço. (http://www.camarasorocaba.sp.gov.br/sitecamara/…/vernoticia…)

23/04/19 – Audiência pública sobre a segurança e melhorias no transporte por aplicativos. (http://www.camarasorocaba.sp.gov.br/sitecamara/…/vernoticia…)

Pra não ficar na dependência do prefeito, na vontade dele fazer ou não, criei o projeto de lei.
Usei como base, o próprio decreto que estava bom. O decreto que não limitava motoristas, não cobrava taxas, etc. http://www.camarasorocaba.sp.gov.br/sitecamara/…/vernoticia… 
Aqui incluí apenas a parte que pede exame toxicológico aos motoristas. Essa proposta veio através da audiência pública do dia 23/04/19.

Acontece que aqui surgiu um problema. Mesmo depois de tanta discussão, algumas pessoas que não acompanharam todo esse processo, começaram a aparecer e julgar a Lei.

Alguns me chamaram de bandido, outros de incompetente, fizeram artes para divulgar em páginas do Facebook, enfim, um monte de “hater” começou a aparecer. Tudo isso, bem manipulado por algumas páginas com seus interesses, sejam eles eleitoreiros ou não, mas com interesses.

Essa é a parte que a população não consegue ver. Infelizmente.

Ao estar em um cargo público, eu arrumo muitos inimigos. Mas isso, é claro, é problema meu.

O que quero é que você entenda que sempre haverá gente querendo estar no meu lugar, ou colocar alguém no meu lugar e enquanto eu provocar essa preocupação em alguns agentes políticos, tenho certeza que estarei fazendo bem o meu trabalho.

Mas voltando ao assunto da lei, após a lei ser aprovada na Câmara…

22/05/19 – o Prefeito Crespo me chamou para uma reunião em seu gabinete, onde estavam alguns representantes da categoria e secretários da prefeitura.

Os representantes dos motoristas queriam tirar 3 coisas da lei.
– A idade limite do carro;
– O exame toxicológico;
– A vistoria do carro, que tem que ser certificada pelo INMETRO.

Nessa reunião, o Secretário da URBES disse que gostaria de alterar uma parte da lei, a parte onde falamos que os carros podem ter até 7 lugares (motorista mais passageiros). Ele queria reduzir pra 5. Eu disse que era contra.

Quanto aos demais 3 pontos acima, o prefeito se dispôs a tirar a parte da idade limite do carro e eu me dispus a tratar dos demais assuntos.

Pra isso, ficou estabelecido com o pessoal que estava lá que eu faria uma pesquisa sobre esses pontos com a população e não somente com os motoristas, pois eu estou aqui pra legislar pra todos e não para uma categoria específica.

A pesquisa foi feita nesse link: https://forms.gle/2zKpqztrY8BSaVwX7
Disparei nas minhas redes sociais e falei pros envolvidos também dispararem.

Nesse meio tempo, alguns grupos me procurarem reclamando de pontos da lei, principalmente embasado naquelas fake news, como por exemplo, de que eu estava criando TAXAS aos motoristas.

Aqui cabe uma lição básica pra todos. VEREADOR NÃO CRIA TAXA. Não existe essa possibilidade. Não é atribuição de vereador. Mas isso fica pra uma aula prática de IMERSÃO aqui no gabinete pra quem interessar em saber o que realmente um vereador faz. (https://www.facebook.com/pericles.regis/posts/1974222232687815)

28/05/19 – Me reuni com aproximadamente 50 motoristas de aplicativos, estes independentes, que não tem ligação com a Associação que mencionei acima.
Expliquei pra eles TODO esse trâmite histórico. 
Expliquei também a dificuldade de defender os interesses das pessoas, quando elas não estão minimamente organizadas. Falo isso pois eles reclamaram que ouvi muito a Associação. Na própria reunião, dessas 50 pessoas, tivemos divergências de ideias. Foram mais de 4 horas de reunião pra chegar ao mesmo ponto. Alguns eram a favor de algumas coisas e outros contra.
Ficou decidido que eu faria uma Audiência Pública pra debater esses pontos da Lei.
Pedi pra que elegessem pessoas para ficarem responsáveis pela comunicação com o gabinete, para irmos dando o passo a passo.

30/05/19 – Marquei a Audiência para o dia 06/06/2019. (Avisei os representantes desse grupo de 50) http://www.camarasorocaba.sp.gov.br:8383/…/imprimirTextoInt…
Esses representantes, disseram que o dia era ruim pra uma audiência, pois seria um dia que eles teriam muito trabalho, dia de pagamento, etc.

03/06/19 – Fiz uma reunião no gabinete com essas lideranças Ubers sobre os novos passos na legislação.
Decidi desmarcar a Audiência. (http://www.camarasorocaba.sp.gov.br:8383/…/imprimirTextoInt…) O motivo é simples, Audiência Pública deve ser feita em datas que o plenário está disponível e nunca chegaríamos a uma data que ficaria boa pra todos.

Decidi então fazer diferente. Fazer um novo Projeto de Lei para alterar a Lei quando fosse sancionada, afinal, é mais prático pois assim já começa a tramitar o projeto pela Câmara e todos os vereadores podem opinar, alterar etc.

Aqui vale mais uma aula básica do que um vereador é capaz de fazer ou não. NENHUM vereador faz lei sozinho! Todas as leis devem ser VOTADAS e só viram leis se tiverem uma maioria de votos. 
O combinado foi que eu sugeriria as duas seguintes alterações:

Sobre o toxicológico e a vistoria do INMETRO.

Quanto ao toxicológico, a lei original pede que o exame seja feito anualmente pelos motoristas. Propus uma alteração para que seja exigido na hora do cadastro e posteriormente junto com o vencimento da CNH.
No meu entendimento, na prática, a exigência na data do cadastramento já afastará possíveis motoristas que, infelizmente, façam uso de substâncias tóxicas ou drogas de forma rotineira, pois detectará as substâncias no organismo do motorista nos últimos 180 dias. Desta forma, mostra-se pouco provável que um usuário deixe de usar uma substância por 180 dias para conseguir não ser detectado no exame. 
Vale lembrar que a reclamação dos motoristas nesse caso, é pelo fato disso gerar um custo pra eles. Defendo que deve haver sim o exame pelos fatos expostos na audiência púbica do dia 23/04. (Se você é contra essa medida, veja a Audiência Pública).

Sobre a vistoria do INMETRO (mesmo ela já estando naquele decreto que havia sido feito), verificado os tipos de vistorias existentes, concluí que não há necessidade de submeter o veículo a uma inspeção do INMETRO já que este possui um valor elevado para os motoristas, bastando uma vistoria emitida por órgãos credenciados que certifique as condições do veículo inerentes à segurança, conservação e uso, ou seja, uma vistoria normal.

Eu não trataria de mais nada na Lei, mas o Prefeito, que disse que ia tirar a parte do ano dos veículos, não tirou. 
Por conta disso, decidi por conta própria sugerir mais essa alteração.

Eu sugeri a revogação da idade do veículo. Afinal, o usuário escolhe a empresa de aplicativo conforme a qualidade dos serviços que ela presta. Desta forma, se uma empresa tem como regra a idade máxima do veículo fixada em 5 anos, o usuário poderá optar por ela com base nessa exigência. Seguindo o mesmo raciocínio, se uma empresa exige que o veículo não pode ter idade superior a dez anos e tal regra é aceita pelo usuário, não há porque o município criar uma lei que restrinja essa condição. Em resumo, as empresas de aplicativo convencionam o tipo de veículo que desejam cadastrar e os clientes escolhem aquele que mais lhe agrada.

Esse novo projeto foi assinado por mim no dia 19/06.

Se você leu até aqui, tenho certeza que ficou tudo claro pra você.

Eu NUNCA estive contra os aplicativos atuarem na cidade, muito pelo contrário, como prova posto esse breve resumo.

Gostaria de entrar em mais detalhes de tudo isso que explanei, mas eu precisaria escrever um livro.

Reforço aqui, goste você ou não de política, você será sempre regido por leis que foram discutidas por quem tem interesse de discutir. Por isso é importante a sociedade se organizar e acompanhar, principalmente a política local.

Por fim, mas não menos importante, CUIDADO COM O FALSO CONHECIMENTO, ELE É MAIS PERIGOSO QUE A IGNORÂNCIA.

Uma ótima semana pra você.

97.000,00 Para a capacitação…Quais cursos estão acontecendo?

Mais uma vez falando de um dos assuntos que mais gosto – EMPREGO

Como publiquei para vocês neste post [https://www.facebook.com/pericles.regis/photos/a.507939039316149/2061420823967955/?type=3&theater], destinei 97 mil reais para cursos de capacitação e aperfeiçoamento profissional em Sorocaba. Mas, é preciso muito mais que esse encaminhamento e é o que estou fazendo, acompanhando o passo a passo desses valores.

Na última sessão ordinária encaminhei um requerimento pedindo detalhes do uso da verba, mais especificamente em quais cursos e em quais unidades do Município o valor será empregado. Isso inclusive é importante para eu divulgar aqui onde serão oferecidas novas oportunidades de desenvolvimento profissional.

Temos até 30 dias para receber respostas. O documento na íntegra e em breve a devolutiva pelo Poder Executivo podem ser vistos aqui: http://www.camarasorocaba.sp.gov.br:8383/syslegis/materiaLegislativa/imprimirTextoIntegralFinal?idMateria=208568

E aí, sabia desses valores que encaminhei ao emprego! Achou interessante⁉ Deixa nos comentários e vamos debater.