• 15 99141.6999 • 15 3238.1151
  • imprensa@periclesregis.com.br

Governo do estado apresenta nova fase do plano São Paulo

Governo do estado apresenta nova fase do plano São Paulo

Plano de retomada gradativa no Estado de São Paulo foi divulgado! Principais informações do que foi determinado para Sorocaba.

O governo de São Paulo anunciou, no início da tarde desta quarta-feira (27), a prorrogação da quarentena, com flexibilizações e aberturas econômicas, que serão feitas levando em conta as características de cada município. A partir de 1º de junho, índices de ocupação hospitalar e de evolução de casos vão definir cinco níveis restritivos de retomada.

Sorocaba foi classifica em fase 2, com abertura de shoppings, lojas de rua, concessionárias, escritórios em geral e atividades imobiliárias com capacidade reduzida a 20%.

Olha o detalhamento das 5 fases do programa:
1⃣ Fase 1, vermelha: alerta máximo, funcionamento permitido somente aos serviços essenciais;
2⃣ Fase 2, laranja: controle, possibilidade de aberturas com restrições;
3⃣ Fase 3, amarela: abertura de um número maior de setores;
4⃣ Fase 4, verde: abertura de um número maior de setores em relação à fase 3;
5⃣ Fase 5, azul: “normal controlado” – todos os setores em funcionamento, mas mantendo medidas de distanciamento e higiene

Uma região só poderá passar a uma reclassificação de etapa – com restrição menor ou maior – após 14 dias do faseamento inicial, mantendo os indicadores de saúde estáveis. A cada 7 dias será reavaliado. Mas, a Prefeitura de Sorocaba deve questionar a fase!

A Prefeitura se pronunciou ao vivo falando que vai preparar um relatório para amanhã (28/05), para verificar se os dados do Governo do Estado batem com as estatísticas municipais e Sorocaba de fato se encontra na fase 2 ou pode se enquadrar na fase 3, como avalia inicialmente o Poder Executivo. Isso, devido o aumento da capacidade de leitos covid na cidade e os casos nos últimos 6 dias, com uma média de 8 novos casos/dia, segundo divulgação. Está previsto para amanhã também novas informações da Urbes sobre o transporte público e aumento de frota. Em todos os casos, todas as medidas de higiene precisam ser mantidas, além da obrigatoriedade do uso de máscara.

Pelo plano, as flexibilizações serão possíveis para:
➡ Cidades que tiverem disponibilidade de leitos de UTI na rede pública e privada;
➡ Redução no número de casos da doença;
➡ Manutenção do distanciamento social nos ambientes públicos;
➡ Uso obrigatório de máscaras

Comentários

Comentários

Assessoria Péricles Régis