• 15 99141.6999 • 15 3238.1151
  • imprensa@periclesregis.com.br

Será que a Prefeitura não poderia economizar com o uso de softwares?

Será que a Prefeitura não poderia economizar com o uso de softwares?

No jornal do Município foi publicado que a compra de licenças de softwares pela Prefeitura custou R$ 1,2 milhão de reais. É claro que se for usar esses softwares, eles precisam de licença, mas e os softwares livres? Será que eles não poderiam ser opção de economia?

Eu fiz um requerimento sobre isso, que é o documento do vereador em que ele pode questionar a prefeitura. Nele eu pergunto sobre a validade dessas licenças, por que não se estuda economizar em licenças com esses outros modelos livres e ainda se existem setores que a necessidade não seria completamente atendida dessa forma. As respostas têm até 30 dias para chegar.

📌 Vale lembrar: existem programas gratuitos semelhantes dos fornecidos pelo pacote Office da Microsoft, como o “BrOffice” que traz aplicativos de escritórios para computadores compatíveis com os sistemas operacionais: Windows, Mac OS, Solaris e Unix. Dentre os programas disponibilizados estão: Writer semelhante ao Word; Calc que funciona como planilha eletrônica; o Draw para processamento de desenhos; Base, desenvolvido para o gerenciamento de dados;o Impress, editor de apresentação e Math, usado para editar formas matemáticas e científicas.

 

Comentários

Comentários

Assessoria Péricles Régis