• 15 99141.6999 • 15 3238.1151
  • imprensa@periclesregis.com.br

Questionamentos à Prefeitura

Sorocaba fará parte da “Rede Vírus”?

A Rede Vírus funciona como um comitê estratégico na articulação dos laboratórios, com foco na otimização de infraestrutura e das atividades de pesquisa que estão em andamento, em especial sobre o coronavírus e influenza.

Essa ação que visa combater o problema da Covid-19 conta com pesquisadores e especialistas em viroses, além de representantes do Ministério da Saúde e das agências de fomento do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Telecomunicações. Está interligada ainda com uma rede internacional de 15 países.

O ministério está destinando R$ 20 milhões às iniciativas para desenvolver kits de diagnóstico, vacinas, tecnologias para seleção de medicamentos e para estruturação de um banco de amostras do vírus.

Sabendo dessa iniciativa estou perguntando: a cidade de Sorocaba fará parte da “Rede Vírus”? De um lado, temos a parte colaborativa que um comitê pode ajudar, enviando informações. Do outro, colhendo o benefício desses estudos. O objetivo é incentivar e promover pesquisas locais. E aí o que acha dessa iniciativa?

Qual é o destino do Sabe-tudo?

Tivemos que voltar ao assunto: a situação dos prédios do Sabe-Tudo CONTINUA indefinida na cidade. Estamos em 2020 e nenhuma solução até agora. Vocês lembram do projeto? Tinha tudo para dar certo, afinal de contas, os espaços ofereciam qualificação e capacitação profissional gratuita à população.

Fechados desde 2015, os 32 prédios foram construídos por toda a cidade e cada um custou R$ 300 mil. Em tempos de poucos recursos financeiros como os atuais, vamos fechar os olhos para essa situação? Lógico que não!

Várias iniciativas já foram pensadas para esses locais, inclusive a instalação de postos da Guarda-Civil ou para uso de associações, mas até agora nada.

Venho falando desse problema desde o início do meu mandato. Já fiz indicações, requerimentos e continuarei questionando. Um novo requerimento já foi apresentado e estamos aguardando as respostas.

📌Requerimento do dia 26/02/2020 para mais detalhes: http://www.camarasorocaba.sp.gov.br/materia.html?id=216863

📌Prestação de contas do dia 28/03/2019: https://www.facebook.com/…/a.50793903931…/1950921161684589/…

📌Cobrança em plenário do dia 09/10/2018 : https://www.facebook.com/pericles.regis/videos/468228670251908/

📌Requerimento do dia 27/03/2019 para mais detalhes:
http://www.camarasorocaba.sp.gov.br/materia.html?id=205374

Um prédio que já abrigou conhecimento não pode virar local de vandalismo!

Capacitação profissional para professores na educação especial

Você sabia que hoje na rede pública aqui em Sorocaba tem aproximadamente 906 crianças com algum tipo de deficiência segundo a secretaria da educação? É isso mesmo, quase mil alunos, e essas crianças precisam de uma atenção especial, a pergunta é, existe a possibilidade de capacitar os profissionais de educação para atender esse grupo.

Em fevereiro protocolamos um requerimento se havia a possibilidade de parceria entre a Secretaria Municipal da Educação e instituições como o Instituto Federal e a UFSCAR para que educadores (professores e auxiliares de educação) e cuidadores que atuam na rede pública recebam formações contínuas, dentro do horário de trabalho visando o atendimento das crianças PCD.

📌 Requerimento para mais informações: http://www.camarasorocaba.sp.gov.br/materia.html?id=214659

Reforçamos o pedido através de um ofício no qual tivemos a resposta, que essa parceira entre SEDU e o Instituo Federal de São Paulo poderá, sim, estar sendo implementada, vale destacar que já foi realizada uma reunião com a participação dos supervisores de ensino, gestores educacionais e o diretor do IFSP para firmar as possíveis parcerias.

Essa troca de aprendizagem permite com que o aluno com algum tipo deficiência encontre novos horizontes educacionais, permitindo a inclusão no cotidiano de sala!
Estamos acompanhando todo esse processo pois esse assunto tem que ser colocado em prática!

Sorocaba vai ter vacinação antirrábica?

A vacinação contra a raiva em Sorocaba, que tradicionalmente acontecia em agosto, pelo menos no ano passado ficou “agosto” de Deus mesmo! E isso não aconteceu só aqui. Em 2019 o Ministério da Saúde suspendeu a vacinação de cães e gatos devido à falta de vacinas para disponibilizar aos municípios. Sem o apoio do Governo, a cidade ficou com vacinas em estoque somente para as ações de rotina e de necessidade, como vacinação de cães e gatos que entraram em contato com morcegos e estariam em risco, por exemplo.

Entramos em novo ano e a pergunta é a mesma: Em 2020, teremos campanha de vacinação em agosto? A cidade recebeu as vacinas para imunizar a população de cães e gatos?

É importante lembrar que, além do cuidado com a saúde do animal, a vacinação é fundamental porque a raiva é uma zoonose, ou seja, pode ser transmitida para humanos e a doença é bastante agressiva, frequentemente sendo fatal.

Por isso, esse assunto é saúde pública! O requerimento já está protocolado e deve ser aprovado na sessão de amanhã. A partir de então a Prefeitura tem até 30 dias para dar uma devolutiva. Com o sim ou o não da campanha em 2020, vou trazer respostas! 

📌 Requerimento para mais informações: http://www.camarasorocaba.sp.gov.br/materia.html?id=216865#

Sorocaba teria um estoque parado de instrumentos musicais?

Chegou até meu gabinete denúncias de que instrumentos que eram utilizados nas antigas fanfarras municipais, além de peças de artes e históricas, estariam guardados em salas de prédios públicos municipais. Em outras oportunidades já tinha questionado onde esses equipamentos estavam guardados e, novamente, quero respostas conclusivas!

Onde estão esses instrumentos? Quais são? Quantos são? Estou em busca dessas respostas e principalmente: qual a possibilidade desses instrumentos serem cedidos para projetos de musicalização gratuitos, a exemplo da Fundec Sorocaba e Projeto Guri?

Se confirmadas essas informações, pra mim não faz sentido deixar cultura pegando pó, enquanto iniciativas bacanas na cidade podem fazer melhor uso de tudo isso. E aí, acredita nisso também? Deixe sua opinião, vamos debater!

Urbes arrecadou mais de 1 milhão e 190 mil reais com taxa de embarque

A Urbes assumiu a rodoviária no início deste ano e entre suas responsabilidades estavam o gerenciamento, a fiscalização e a manutenção do local. Como, há tempos, o lugar é alvo de críticas dos munícipes, fiz um requerimento questionando os investimentos e as respostas estão aqui. Preciso da ajuda de vocês pra debater…

Entre abril e setembro de 2019, a Urbes arrecadou exatamente R$ 1.194.694,57. Sim, mais de um milhão de reais em taxa de embarque. Diante disso, eu perguntei sobre quais melhorias de gestão estão sendo feitas por lá com esse volume de dinheiro. Justo, certo?!

A Urbes apontou um investimento de pouco mais de R$ 328 mil, indicando benfeitorias no controle de acesso, pintura e iluminação nos banheiros, ventilador na sala de espera, aquisição de cadeiras para funcionários, bebedouros, limpeza, entre outros pontos.

Por isso, pergunto para vocês, como está o serviço sob nova direção⁉ A rodoviária melhorou, na sua opinião⁉
Ainda segundo a resposta, estudos sobre uma nova rodoviária ainda não foram concluídos, por isso, preciso saber se o que temos hoje está agradando a população, afinal, o dinheiro está entrando e tem que ser um bom negócio também para quem usa!

Comenta aí sua opinião sobre a rodoviária‼ No link, o requerimento para quem quiser mais informações: http://www.camarasorocaba.sp.gov.br:8383/syslegis/materiaLegislativa/imprimirTextoIntegralFinal?idMateria=212594&fbclid=IwAR3M1BRheD0u1f5bKxv1QpxCkkF5GkZ07eAuroP4bViYbNE-_BpNXz_f-ho

Sertralina: dias contados para a normalização do fornecimento?

Aparentemente, a novela envolvendo a falta de fornecimento do Cloridrato de Sertralina parece estar chegando a um fim. A data que o problema deve ser solucionado é dia 6 de setembro. Essa é a resposta oficial que a Prefeitura me deu, diante do meu terceiro requerimento perguntando a respeito do medicamento, que está em falta desde julho.

O desabastecimento na Policlínica (cobrado em requerimento não somente uma, mas duas vezes, como é possível ver aqui e aqui) e nos Caps (Centros de Atendimento Psicossocial) aconteceu, segundo a Prefeitura, por uma falha do fornecedor, uma vez que o contrato assinado teve emissão autorizada de 899.640 compridos, mas a entrega foi de somente 309.680, ou seja, ainda está pendente uma entrega de mais de 500 mil compridos.

Estou há meses em busca de respostas que possam acalmar os pacientes de depressão, ansiedade e outros casos psiquiátricos que dependem do medicamento e tiveram seus tratamentos interrompidos. E o pior: não há substituto para a Sertralina, então essas pessoas realmente estão lidando com quadros que regrediram em função da falta de tratamento.

Por mês, Sorocaba tem uma média de dispensação de 250 mil desse comprimido. Ainda em resposta ao meu requerimento, a Prefeitura confirma que em contato com o laboratório, o 6 de setembro foi informado como a data que o medicamento volta a chegar a Sorocaba. Sigo acompanhando de perto e qualquer novidade, eu passo aqui para vocês.

Solicitando do Executivo informações sobre o repasse do recurso financeiro destinado para cirurgias de media e alta complexidade.

Saiba mais clicando aqui.

Solicitando do Executivo informações sobre o objeto da Emenda Impositiva 487 aprovada no Projeto de Lei 269/2019 – Lei Orgânica do Município.

Saiba mais clicando aqui

Solicitando do Executivo informações sobre a disposição de informações no Portal da Transparência.

Saiba mais clicando aqui.